A Conquista da Paz / Eliana Machado Coelho / Pelo Espírito Schellida / 512 Páginas / Lúmen Editorial / ☆☆☆☆☆

Skoob

Ooiieeee!

A obra do Clube do Livro Boa Nova de outubro 2019 foi A Conquista da Paz, da autora Eliana Machado Coelho em parceria com o espírito Schellida.

Partiu conferir todos os detalhes na resenha.

(Clique aqui para conhecer o conteúdo exclusivo no Instagram)

 

RESUMO:

Bárbara é uma jovem esforçada e inteligente. Realizada profissionalmente, aos poucos perde todas as suas conquistas, ao se tornar alvo da perseguição de Perceval, implacável obsessor. Bárbara e sua família são envolvidas em tramas para que percam a fé, uma vez que a vida só lhes apresenta perdas. Como superar? Como criar novamente vontade e ânimo para viver? Como não ceder aos desejos do obsessor e preservar a própria vida? Deus nunca nos abandona. Mas é preciso buscá-lo.

O livro é um romance atual, passa-se em São Paulo e tem como protagonistas a família formada por Enrico e Antonella e seus filhos, Sandro, Marcella, Bárbara, Pietra e Graziella.

O casal é italiano e vieram para o Brasil quando ainda eram crianças. Depois casaram e convivem com os filhos, cada um com personalidade e vida totalmente diferente um do outro. Sandro é o mais velho, é casado com Patrícia, possui dois filhos e é dono de algumas lojas de roupas. Pietra também é casada, com dois filhos e nunca quis estudar, preferindo viver as custas do marido que nunca para em casa e não liga para a educação dos filhos. Graziella é casada, tem uma filha, possui uma loja de roupas e sofre constantemente violência doméstica. Bárbara é a mais independente de todas, é sócia em uma agência, mora sozinha e sustenta o namorado. Por fim, Marcella é jornalista e está em voltas com os preparativos do seu casamento.

Inicialmente Marcella é a protagonista da história, onde a mesma foge para o Jardim Botânico em busca de paz por estar sufocada com todos os preparativos do casamento, onde decide tudo sozinha, já que o noivo está sempre viajando. Por ali acaba conhecendo o promotor público Murilo e ele torna-se fundamental quando a mesma tem seu carro furtado.

A partir de então, vamos acompanhando as vidas tanto de Marcella, das suas irmãs e a empatia instantânea de Murilo e Bárbara. Aos poucos, todas sofrem revezes, o pai morre, Sandro torna-se outra pessoa e some e as mulheres vão morar com a mãe (Inclusive a cunhada Patrícia), cada uma enfrentando um conflito próprio.

A parte espiritual no viés negativo fica a cargo de Perceval. Obsessor incansável de Bárbara, que não aceita o que ela lhe fez mesmo depois de anos. Faz o possível e o impossível para desestabilizá-la, inclusive usando suas irmãs. O viés positivo fica com Murilo, que ajuda tanto Bárbara quanto as outras mulheres nas questões da Espiritualidade com exemplos seus, explicações sobre a Doutrina e também meditação.

O livro nos mostra a importância dos pensamentos, o quanto é tóxico reclamar, as obsessões pesadas, as questões das vidas passadas, o quanto a fé é essencial nos momentos mais complicados e as evoluções espirituais dos personagens.

Um ponto maravilhosamente positivo é abordar o cotidiano familiar. Totalmente gente como a gente. Os perrengues, as brigas, como a energia de uma atrapalha o coletivo, assim como a união move montanhas.

O texto é de fácil entendimento e a leitura é mega fluída. A parceria Eliana e Schellida continua incrível.

Onde Achar:

Disponível em formato físico e e-book:

(Blog ganha comissão por venda)

Qualquer dúvida ou sugestão é só escrever nos comentários ou enviar um e-mail para [email protected]

Beijos!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share via
Send this to a friend