A Voz do Monte / Richard Simonetti / 148 Páginas / Editora FEB / ☆☆☆☆☆

SkoobGoodreads

Oooieeee!

Enfim me joguei em outro livro do Richard Simonetti para ler. Dessa vez foi o clássico A Voz do Monte.

Bora conferir todos os detalhes na resenha.

(Clique aqui para conhecer o conteúdo exclusivo no Instagram)

 

RESUMO:

As dores mais angustiantes que sentimos, muitas vezes, vêm da falta do supérfluo. A depressão, a ansiedade, a síndrome do pânico, transtornos de personalidade, a insatisfação são exemplos de como estamos adoecendo no campo das emoções. Não existe orientação mais segura para o comportamento humano, nem terapia mais eficiente para os seus desequilíbrios, do que a aplicação da mensagem trazida por Jesus no Sermão da Montanha. Usando linguagem simples, direta e fluente, Richard Simonetti analisa a palavra do Cristo, em mais de 30 capítulos, com esclarecimentos que ampliam o entendimento do incomparável ensino moral legado aos homens. Abordando temas como divórcio, jejum, oração e prosperidade, o autor enfatiza que o estudo da palavra do Cristo possibilita a compreensão da vida, com mais amor e fé na Misericórdia Divina.

A obra possui 38 capítulos, onde o autor aborda a luz da Doutrina Espírita o discurso de Jesus no Sermão da Montanha.

Com linguagem fácil e entendível a todos, o autor vai passeando pelos diversos assuntos tão presentes e corriqueiros na sociedade atual como a depressão, a arrogância, ganância, rancor, síndrome do pânico, o colocar sempre a culpa no outro e por aí vai.

Além disso, também são abordados as questões do divórcio, a importância da verdade, a prece, a relevância ou não do jejum. Sempre que pode, Richard coloca exemplos próximos e “humanos” para exemplificar o que está sendo dito, no caso, escrito.

Em muitos momentos é impossível não rir e em outros dá uma vontade de se esconder embaixo da mesa de tanta vergonha alheia de si mesmo.

Duas histórias chamaram muito a minha atenção: A primeira foi a da empregada mega humilde e sua recusa em mentir quando o patrão mandou dizer que ele não estava. Ela se manteve firme e ainda ganhou a admiração e reflexão daquele que poderia demiti-la sem maiores problemas. Com isso, o autor mostra ao leitor como a verdade é forte, acalentadora e traz admiração daqueles com bom coração.

A segunda história é sobre os três crivos. Quando um amigo queria dizer algo a Sócrates, o mesmo falou sobre a verdade e a sua absoluta certeza do que se diz, a bondade e o benefício do assunto ser bom ou não e da utilidade e o quanto aquilo agrega na situação. Indo pelo lado mega negativo: Sabe aquela fofoca que você deseja contar, porém, não agrega nada para ninguém!? Pois então!

O livro foi escrito e teve sua primeira edição lançada em 1985 e essa informação me deixou chocada porque é absurdamente atual. O preocupante é que tudo escrito só aumentou com o passar dos anos ao invés de diminuir. Complicado e tenso ao mesmo tempo.

O texto é de fácil entendimento e a leitura fluída, envolvente e totalmente gente como a gente. E cheguei a constatação que preciso ler mais Richard Simonetti porque a linguagem leve, direta, simples assim e única é simplesmente sensacional.

Onde Achar:

Disponível em formato físico e e-book:

(Blog ganha comissão por venda)

Qualquer dúvida ou sugestão é só escrever nos comentários ou enviar um e-mail para [email protected]

Beijos!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share via
Send this to a friend