Na matéria de hoje tenho o intuito de escrever um pouquinho a respeito da agitação.

Nós todos vivemos num mundo em que infelizmente damos um valor muito maior do que o tema dessa matéria merecia de nossa parte.

Mas ainda cultuamos muito o bezerro de ouro. Eis uns dos maiores motivos da agitação em nosso cotidiano.

Vamos estudar um pouquinho o que vem a ser o significado da palavra “agitação”.

Segundo o dicionário, ela tem três conotações:

1. Ato de agitar. 2. Movimento violento e aturado sem direção certa. 3 .Inquietação; alvoroço, motim. O tema começa a clarear…

Vejamos bem: nós somos convidados no dia de hoje a refletir e analisar se toda essa agitação e correria tem gerado algum bem para nosso espírito, ou para nossa “economia espiritual”; vemos todos os dias as pessoas perdendo saúde, perdendo oportunidade das mais diversas para crescer tanto no campo espiritual, quanto no campo intelectual.

Mas estão deixando as oportunidades de lado para viver visando algo efêmero; algo do qual chegarão ao final e poderão se frustrar.

✉ Fique Atualizado!



Rádio On-line Vivência Espírita

Há um filósofo pouco conhecido entre nós, chamado Sêneca, ou Lucius Annaeus Sêneca (em português, Lúcio Aneu Sêneca, ou ainda Sêneca, o Jovem – Córdoba, Hispânica, Império Romano, 4 a.C. – Roma, Império Romano, 65 d.C.).

Este foi um importante escritor e filósofo. Filho de um grande orador, Annaeus Seneca, o Velho, foi educado em Roma, onde estudou retórica e filosofia, tornando-se famoso como advogado.

Foi membro do senado romano e depois foi nomeado “questor”, magistrado da justiça criminal.

Esse grande pensador romano deixou uma frase muito curiosa:

A agitação contínua numa vida tumultuosa não é atividade saudável, mas inquietação”.

Nós todos procuramos na alimentação ter uma vida saudável, procuramos praticar esportes, procuramos isso e aquilo…mas será que estamos procurando uma vida saudável nos lugares corretos?

É fato que manter uma alimentação correta e o hábito de praticar esportes são excelentes formas de iniciar uma vida saudável; porém precisamos notar que existe também outros pré-requisitos para termos saúde em plenitude.

E um deles é não nos contagiarmos com esse mundo tumultuado em que vivemos.

Esta na hora de deixarmos de pensar um pouco no que os outros pensam; está na hora de pensar em nós de maneira não egoísta, refletir sobre nossa felicidade, na hora de usarmos o nosso intelecto a nosso favor.

E se nós queremos crescer em todos os sentidos aqui nesse Planeta, ainda no estágio de “Expiações e Provas”, é necessário e forçoso que repensemos muitos hábitos que temos em nosso cotidiano.

André Luis Chiarini Villar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share via
Send this to a friend