Entre no canal

Sem o propósito de estar aqui como quem sabe e como quem pode ensinar alguma coisa a quem seja, tomo, novamente, a liberdade de apresentar aos nossos irmãos internautas o texto abaixo para a sua devida apreciação, em algumas rápidas questões que formularemos.

Trata-se de texto de autoria de André Luiz, constante da obra “Nosso Lar”, em seu capítulo 9, intitulado “Problema de Alimentação”.

 

“Tudo isso provocou enormes cisões nos órgãos coletivos de ‘Nosso Lar’, dando ensejo a perigoso assalto das multidões obscuras do Umbral, que tentaram invadir a cidade, aproveitando brechas nos serviços de Regeneração, onde grande número de colaboradores entretinha certo intercâmbio clandestino, em virtude dos vícios de alimentação.”

 

Questões:

 

1 – De que maneira as multidões obscuras do Umbral poderiam invadir “Nosso Lar”?

 

2 – “Nosso Lar”, então, igualmente, é uma cidade “Umbralina”?

 

3 – Caso a referida cidade espiritual fosse invadida pelos vândalos desencarnados, o que poderia ocorrer?

 

4 – Que tipo de intercâmbio clandestino era mantido por grande número de colaboradores do Ministério da Regeneração?

 

5 – Na Terra, o que se interpreta por “intercâmbio clandestino”?

✉ Fique Atualizado!



Campanha Livro Chico Xavier

--- Início da Publicidade --- --- Fim da Publicidade ---

6 – Você concorda que o “intercâmbio clandestino” feito era de alimento considerado essencialmente proteico? Seria contrabando de carne?

 

7 – De onde estava sendo contrabandeado esse alimento para “Nosso Lar”?

 

8 – No Mundo Espiritual mais próximo ainda existe criação de animais para abate?

 

9 – Lícito concluir-se que, à época, em “Nosso Lar”, havia corrupção, e, naturalmente, espíritos corruptos, embora infiltrados no Ministério da Regeneração?

 

10 – Assim, o Mundo Espiritual mais próximo é povoado por homens fora do corpo carnal, mas cujo corpo espiritual ainda conserva certa identidade com ele, inclusive carecendo de alimentação similar?

 

Acredito que outras questões poderão ser propostas pelos nossos irmãos internautas.

 

Aqui, simplesmente, quisemos fazer uma pequena inversão: em vez de vocês perguntarem aos espíritos, os espíritos agora é que estão perguntando a vocês.

 

Afinal, por que esperarem de nós, os mortos, todas as respostas?!…

 

INÁCIO FERREIRA

 

Uberaba – MG, 20 de fevereiro de 2017.

 

Fonte: http://inacioferreira-baccelli.blogspot.ae/2017/02/como-voce-interpreta-ii-sem-o-proposito.html

--- Publicidade ---

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share via
Send this to a friend