Você alguma vez já parou para pensar que os criminosos podem até escapar da justiça humana que é bastante falha, mas, esses, irão forçosamente vagar ao redor dos irmãos de humanidade arrastando consigo o pesado fardo das aflições punitivas. É mero sinal de carência espiritual onde todo homem criado e ainda brutalizado terá que se ajustar às melhorias íntimas que Deus nos oferece para avançar sempre com todos as benesses de filhos agradecidos.

            Vendo André Luiz que o esquizofrênico às suas vistas estava irredutível a receber auxílio, perguntou ao Instrutor porque tanto cuidado com quem nada consegue se auto examinar.

            Vejamos a resposta do Instrutor a André Luiz no seu livro “No Mundo Maior” pela mediunidade de Chico Xavier: “Estamos aqui a fim de proporcionar-lhe morte digna”. Para muitos, até mesmo para mim e para André Luiz ficamos assustados, mas Deus é justo com todos os Seus filhos. Nada lhe escapa à Sua bondade e misericórdia. Ninguém fica desamparado, pois o Criador sempre está conosco e em nós.

            Com relação à morte digna, esse irmão acamado casou-se com mulher honrada e lhe dera três filhos que os educou dando-lhes notoriedade. Mesmo possessivo ante a esquizofrenia, a Espiritualidade Amiga o auxilia para que a morte lhe venha arrebatar-lhe todas as vontades e que não atrapalhe daqui por diante, a vida da esposa e dos filhos.

            Devemos considerar aqui que a Espiritualidade Superior faz a vontade de Deus no sentido de dar quanto o de tirar vidas. Na reencarnação existem os responsáveis diretos de materializar o perispírito através da volta do espírito ao corpo de carne, como também, na desencarnação de retirar o espírito quando lhe é devido. A primeiro exame, muitos irão surpreender com essas minha palavras. Equivocado, eu? Nem tanto. Vejamos, para elucidar melhor meu pensamento a respeito com o Instrutor Calderaro: “Preparamos acesso à trombose pela calcificação de certas veias. A desencarnação chegará suavemente dentro de alguns dias como providencia compassiva…”. Como podemos observar aqui, o merecimento de cada um pesa muito na Contabilidade Divina. E mesmo não vendo merecimento aqui, a Misericórdia tem os seus meios para remediar Seus filhos no caminho da evolução sem tirar ou colocar a mais o ceitil indispensável ao seu melhoramento espiritual.

            Como disse muito bem Calderaro: “A Lei jamais dorme”. Sim. Ela jamais deixa passar qualquer acontecimento sem que esteja presente fornecendo campo de aprendizado ao ser humano ainda em processo de canalização do Espirito na sua sanha evolutiva através da sua consciência. Daí o nosso despertamento íntimo indispensável para sentir mais diretamente os subsídios a nós oferecidos. Façamos, pois, por onde agradecer por essas dádivas a nós confiadas. Vamos multiplicar esses talentos para que a nossa jornada seja mais iluminada e o nosso coração bem mais feliz. Comigo, Leitor Amigo?

Ari Rangel Aécio Emmanuel César
Médium de psicografia desde 1990, tarefeiro espírita na cidade de Sete Lagoas/MG.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share via
Send this to a friend