Você alguma vez já parou para pensar que sexo em estado de desequilíbrio pode levar à loucura e até mesmo à mortes violentas? Sexo sendo uma energia da alma que reflete no corpo físico toda a sua vitalidade, se não controlada, pode ocasionar sérios transtornos íntimos em que a estrutura perispirítica pode sofrer danos de difícil reestruturação emocional.

            Nos meus humildes comentários dessa semana, vamos relatar a participação de André Luiz juntamente com o seu instrutor Calderaro em uma palestra em que o assunto era o sexo relatado no livro “No Mundo Maior” no capítulo 11 denominado “Sexo”, na mediunidade psicográfica de Chico Xavier. Aproveitando o aprendizado de André sobre a loucura essa aula foi de bom grado para ele e agora para nós outros. Vejamos algumas das citações: “No exame das causas da loucura, entre individualidades, sejam encarnadas, sejam ausentes da carne, a ignorância quanto à conduta sexual é dos fatores mais decisivos”. Tudo tem um equilíbrio na Natureza, principalmente a humana. Nada sabemos ainda sobre o nosso mundo íntimo. Estamos sempre em conflitos existenciais não sabendo ao certo se estamos vivendo, hoje, do passado. É gritante o quanto a loucura desvirtua a capacidade cerebral de muitos irmãos, esses, encarnados e desencarnados. E o pior é que aqueles que dela são vítimas, não aceitam estarem sob o seu domínio arrasador.

             Hoje em dia, o uso do sexo extrapola toda condição dita normal. Muitos o usam para satisfazerem paixões arraigadas em sensações bastante primitivas. Por isso disse acima, e torno a repetir, que, estando em conflitos existenciais, muitos não atinam que o passado vem a afetar radical e primitivamente muitos humanos hoje, mesmo com a razão mais dilatada, porém fragmentada. O pior é que muitos procuram entender a sua racionalidade, apresentando, esses, com a sua primitividade ainda dominante se comportando bem abaixo dos animais.

              O sexo tornou-se em vilão e filão dos mais procurados, independentemente de ser um vício de difícil tratamento. Afeta a todos incondicionalmente. Homens comuns, celebridades, pobres, ricos, religiosos, cientistas, todos se encontram à sua mercê alimentando, muitos, de um repasto bastante indigesto para os vetores sexuais da alma quando em destempero.

              Complementando o pensamento do palestrista podemos considerar que: “…os enigmas do sexo não se reduzem a meros fatores fisiológicos”. De fato que, o Espírito sendo a usina viva pelo qual o corpo se espelha, é natural que os distúrbios causados pelo sexo em desequilibro não promana de fatores fisiológicos, e sim de fatores perispiríticos, ou seja, da alma em destrambelho. Muitos adentram na zona de atração sexual sem calcularem a dimensão de transtornos que lhes causarão a ruptura dos genes que trabalham no contexto de civilidade entre as células. É um caos de dimensões astronômicas; o cérebro entra em colapso mesmo agindo muitos homens e mulheres em total discrição. A sociedade, na sua grande maioria sabe, mas procura eclipsar essa enfermidade, principalmente a respeito da infidelidade exacerbada existente em muitos dos seus casais. Muitos me pedirão a cabeça, mas calar-me? Por que? Muita coisa aqui ainda irei relatar. Comigo Leitor Amigo? (Continua).

Ari Rangel Aécio Emmanuel César
Médium de psicografia desde 1990, tarefeiro espírita na cidade de Sete Lagoas/MG.

1 Comentário

  • Surge a evolução da liberdade de expressão, conquistas de todas as areas profissionais politicas e sociais. No carnaval é um exemplo disso , muitos irmãos(as) desconhecem a bem da verdade o sexo. Meros principiantes da pratica em si , desprezando os valores sublimes que esta função tem. É na dor da experiência que ensinará, vindo várias vezes a este mundo o valor do “respeito” para com proximo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share via
Send this to a friend